quarta-feira, 26 de Janeiro de 2011

A Minha Experiência - Cirurgia aos Joanetes

Após vários anos de sofrimento e de ter consultado vários ortopedistas, fui aconselhada a fazer a cirurgia ao hallux valgus. De imediato recusei a ideia, pois tinha ouvido várias testemunhas que tinham sofrido horrores ao terem sido submetidas a este tipo de intervenção cirúrgica. No entanto, a ideia foi amadurecendo na minha cabeça e no decorrer das conversas com o meu ortopedista (Dr. Lopes Ribeiro - Hospital da Prelada no Porto) lá me fui convencendo, porque segundo ele, seria o melhor para mim, para que pudesse recuperar, a minha há muito perdida, qualidade de vida.

Resolvi criar este blogue para poder partilhar com todas as mulheres que sofrem deste problema, para que não o adiem, pois ele tem solução.
Estou muito satisfeita com o resultado final. Fui operada ao pé direito (ao hallux valgus e  aos dedos em martelo) no Hospital da Prelada pelo Dr. Vitor Ribeiro e Dr. José Tulha, em Novembro de 2010. Decorridos 45 dias, sofri nova intervenção cirúrgica para remover os fios de Kirshner que me tinham colocado no 2º e 4º dedos, para correcção dos dedos em martelo.
Após 72 dias de baixa, finalmente vou regressar ao trabalho. Posso dizer-vos que esta é a parte mais chata de todo este processo, ou seja, o tempo de recuperação é muito moroso.
Vou aguardar que o meu ortopedista me libere para fazer a cirurgia ao pé esquerdo, que segundo ele tenho de estar completamente recuperada do pé direito, para operar o esquerdo. Estou ansiosa para resolver este problema definitivamente.
Posso dizer-vos que correu muito bem, não tive qualquer dor durante estes 72 dias, mesmo nos dias imediatamente a seguir à cirurgia. Foi um pós-operatório normal, sem qualquer complicação nem dor. Tentei cumprir à risca todas as indicações médicas, talvez por isso,  tudo correu pelo melhor.
Comecei a fazer a minha vida normal, desde o primeiro dia, claro que, com algumas limitações e sempre com o apoio da sandália de barouk, pois esta permite que se apoie apenas o calcanhar no chão levantando a parte da frente do pé, evitando assim, que pise no chão. O uso de canadianas também é imprescindível.
Aconselho a todas as pessoas que sofrem deste problema que façam o que eu fiz, procurem um bom ortopedista para resolverem definitivamente este problema que tantas limitações e sofrimento nos causa.
Está na hora de deixar os mitos de lado, porque as técnicas estão cada vez mais avançadas e tanto a cirurgia como o pós-operatório ocorrem praticamente sem dor. O único contra a meu ver,  desta cirurgia, é o tempo de recuperação, pois no mínimo são 2 meses para cada pé. A pessoa tem de se preparar e organizar a sua vida, para depois poder recuperar sem pressas e complicações.
Também vos posso dizer que tive a ajuda preciosa da minha sobrinha, que é especializada em massagem de reabilitação e drenagem linfática, que me fez os tratamentos, durante estes últimos 10 dias e ajudou bastante a desinchar e a recuperar a mobilidade. Estes tratamentos são excelentes, aconselho vivamente.
Outra situação a ter em conta,  e de importância extrema para este problema de joanetes, é mudar todo o seu calçado. Eliminar definitivamente da sua sapateira os elegantes sapatos de bico fino e salto alto (agulha). Mas não só, há outros cuidados a ter em conta na compra do nosso calçado, nomeadamente a largura, porque o sapato deve permitir que os pés estejam confortáveis e os dedos se movam sem problemas dentro do sapato, a altura que não devem exceder os 3 a 4 cm, deve ainda ter uma plataforma maleável que proporcione estabilidade e conforto aos nossos essenciais e preciosos pés, pois são eles que suportam o peso de todo o nosso corpo e que mais sofrem com as nossas escolhas erradas, na aquisição do nosso calçado.
Depois destes conselhos, desejo a todas boa sorte para poderem enfrentar sem receios a intervenção cirúrgica e acabar de vez com os inestéticos e dolorosos joanetes.

Deixem os vossos comentários e partilhem as vossas experiências. Obrigada!

86 comentários:

  1. Olá!

    Fez mini-invasiva percutânea, ou outra? É que estou a achar muito moroso, o tempo de recuperação que indicou...
    Tenho joanetes no quinto metatarso ( a seguir ao dedo mindinho) e sofro de dores horríveis... Ainda não arranjei coragem para fazer a operação.

    Boa recuperação!

    ResponderEliminar
  2. Fiz cirurgia aberta, porque segundo o meu ortopedista a mini-invasiva não era aconselhável no meu caso, devido ao estado avançado em que o joanete se encontrava. Claro que nas cirurgias mini-invasivas a recuperação é muito mais rápida. Apesar do tempo de recuperação ser muito demorado, estou muito satisfeita com o resultado final.

    Muito Obrigada!

    ResponderEliminar
  3. Eu operei o pé direito em janeiro de 2010, foi tudo muito tranquilo, sem dor..ouvi estórias horriveis a respeito, que eu sofreria muito com dor, e nada disso aconteceu. Agora dia 10/06/2011 irei operar o esquerdo, e acabar de vez com esse sofrimento.
    Aconselho sim a fazerem a cirurgia, mas é preciso escolher o médico a dedo, ter confiança,ter boas indicações o resto irá fluir normalmente.

    ResponderEliminar
  4. Olá!
    Gostava de saber que tipo de acompanhamento teve por parte do seu médico após a cirurgia.
    Vai poder fazer praia este ano e que cuidados a ter com a cicatriz?
    Parabéns ficou com os pés muito perfeitos.

    Tudo de bom!

    ResponderEliminar
  5. Fui operada aos 2 pés na 3ª feira e tenho tido algumas dores, mas espero no final dizer custou a recuperação mas valeu a pena, isto é adiar o inadiável.

    Boa recuperação a todos

    ResponderEliminar
  6. Olá Paula!
    Fui operada ao joanete do meu pé esquerdo á 1 mes precisamente pelo mesmo médico,Dr.Jose tulha.A cirurgia correu mto bem.Estava a ficar preocupada pq o meu pé incha mto cada vez q ando um pouco mais,para alem de ficar com uma cor mto diferente do outro meu pé.Uso as canadianas mas n cheguei a comprar o sapato,achei q n precisava.Ainda n consigo colocar o pé totalmente no chao,so mesmo o calcanhar.Verifico tb q fico com o pé mais quente,penso e espero q seja normal.De facto o q mais custa nesta cirurgia é a recuperaçao pq ficamos mto limitados..ao ler o seu testemunho fiquei um bocadinho mais descansada e aproveitei tb já agora para partilhar a minha experiençia. Bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ola fiz a operacao no dia 26 de jonho e passa-se o mesmo comigo ,depois de ter passado 6 semanas com o gesso ,esta semana foi tira-lo e acontece-me o mesmo eles ficam muito inchados e com uma cor arrochada ,pensei que nao fosse normal, mas veijo agora que nao sou a unica ,estou muito contente embora ainda tanha muitas dores ao por os pes no chao

      Eliminar
  7. Olá a todos os que enviaram mensagem. Desculpem só agora responder, mas o meu tempo é muito apertado. Agora respondendo às vossas questões, fiz cirurgia aberta a um pé de cada vez. O tempo de recuperação foram sensivelmente 2 meses para regressar ao trabalho mas para andar bem demorou sensivelmente meio ano. Apesar de demorar muito a recuperar, sinto-me muito satisfeita com o resultado final e se soubesse que iria correr tão bem já tinha sido há muito tempo, não andava sempre a adiar um problema que tantas dores e incómodo me causou.
    Usei canadianas durante 1 mês e a sandália de Barouk durante sensivelmente 2 meses.
    Aconselho a todas/os que tiverem este problema de joanetes e dedos em martelo para tratarem dele pois com ele não temos qualidade de vida, para não falar na parte estética.
    As dores que tive suportaram-se bem, nada de especial e nada que a medicação que o médico me prescreveu não resolvesse.
    Este blogue foi criado com o objectivo de acabar com os mitos à cerca da cirurgia ao joanete. A todos os que estão a partilhar a vossa experiência o meu muito obrigada!
    Espero que esta partilha ajude muitas pessoas que estejam na mesma situação que nós.
    A quem está a recuperar desejo-vos rápidas melhoras e àqueles que pensam em fazer a cirurgia boa sorte tudo a correr pelo melhor.
    Ah e escolham bem o médico pois o resultado final depende da competência e experiência do profissional de saúde.
    Eu agradeço ao Dr. Vitor Ribeiro e ao Dr. José Tulha por terem cruzado o meu caminho pois fizeram um excelente trabalho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi!!!!!vou marcar a minha sirurgia agora na sexta feira,to um pouco nervosa,vou fazer o pe direito e apos 3 meses faco no esquerdo,moro no japao e vou ficar 1 mes no hospital,o medico falou q eu so saiu qnd tiver 100%,assim q fizer coloco meu depoimento bjs.

      Eliminar
  8. Quanto ao acompanhamento pós cirúrgico tive as consultas normais, nada de especial, não fiz fisioterapia nem tive nenhuma indicação específica por parte do cirurgião.
    Pode fazer-se praia não há qualquer problema, no entanto é aconselhável colocar um protector solar com factor máximo na cicatriz para proteger dos raios UV.

    ResponderEliminar
  9. Olá Paula,

    Também fui operada estes dia pelo Dr.Vitor Ribeiro. Ainda não tive a consulta de pos operatorio.
    Nao me disseram nenhum cuidado especial a ter a nao ser manter pe ao alto evitar andar e quando o fizer usar as candianas.
    Gostaria de saber com que frequencia é que você foi efectuando os pensos? Qundo sai do hospital disseram para fazer quando necessário, mas isso é muito relativo? Voce como fez, de 2 em 2 dias, todos os dias ...?
    Obrigada

    ResponderEliminar
  10. Olá Paula,

    Também fui operada ao Joanete no Hospital prelada pelo Dr. Vitor Ribeiro, se bem que já passei por uns poucos lá. Primeira consulta foi Dr.José Tulha, cirurgia Dr.Vitor e consulta pos operatoria Dr.Bertão.
    Já removi os pontos e agora tenho de esperar mais uns 15 dias (1mes apos cirurgia) para retirar o ferro que mefoi colocado no dedo maior. Tambem foi esteo procedimento que lhe fizeram?
    Neste momento ja me sinto mais vontade para andar, os primeiros 15dias não fiz esforço nenhum. No entanto ainda não consigo andar apenas com a sandália.
    Durante quanto tempo andou de canadianas?
    Mal tenha este pé 100% serei operada ao outro.
    O que mais estranhei foi a passagem por tantos médicos não sendo seguida sempre pelo mesmo!
    Também lhe aconteceu o mesmo?
    Obg

    ResponderEliminar
  11. Olá!
    Isso também aconteceu comigo, fui seguida por 3 médicos diferentes, mas os pós operatórios tenho sido sempre acompanhada pelo Dr. Tulha.
    Quanto aos pensos só fiz no 7º dia após cirurgia e retirei os pontos no 15º dia. Não fiz qualquer outro tratamento. Apenas tomei a medicação que me foi prescrita, tive o cuidado de estar de pé ao alto e deambular com ajuda de canadianas e com a sandália de barouk apenas o essencial. Evitar ao máximo fazer esforço.
    Andei de canadianas sensivelmente 3 semanas e com a sandália 6 semanas. Retirei os ferros do 2º e 4º dedos 45 dias após cirurgia. Não me colocaram ferro no dedo grande mas sim um parafuso que não é necessário remover.
    Desejo-vos rápidas melhoras e que tudo vos corra tão tão bem como me correu a mim.

    ResponderEliminar
  12. Olá Paula,

    Os primeiros 15 dias (ate tirar os pontos)estive sempre em repouso. Ja passaram 30 dias da cirurgia e ja ando para todo o lado, com as canadianas e com a sandalia vou andando. Apenas esta semana me senti a vontade de andar só com a sandália. Não sei se estou a ter a atitude mais correcta, pois mal tirei os pontos começei logo a mover, com cuidado mas ....
    O meu dedo maior está completamente torto é uma sensação estranha. O seu também ficou assim apos a cirurgia. Irei proxima semana ser internada para retirar o ferro do dedo, os outros dedos não foram mexidos. Segundo o Dr. depois de remover o ferro o dedo irá a sua posição normal...
    As vezes tenho um bocado de medo de andar a esforçar-me de mais, e de o resultado ficar mal...Mas tambem já fez 1mes e 8 dias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. fui operada no dia 03 de dezembro de 2012,não tive dor no pós operatório.continua inchado o pé direito,tou fazendo fisioterapia,

      Eliminar
  13. olá,
    também fui operada este outubro na prelada, o que eu tenho é a cicatriz um bocado dura.
    Também aconteceu isso consigo?
    Como eram feitas as suas massagens?
    Faziam pressão na cicatriz? ou era suavenente?
    Eu todos os dias passo creme hidratante mas tenho medo de carregar na cicatriz.
    Obrigada pela atenção. Gostava que me pudesse ajudar.

    ResponderEliminar
  14. Olá Cláudia!

    Na cicatriz apenas apliquei creme nívea caixa azul e com os 2 dedos polegares fazia massagem na cicatriz tipo ziz zag e ficou muito bem, mas no início é normal ficar um pouco dura.

    Rápidas melhoras!

    ResponderEliminar
  15. Olá!

    Quanto ao dedo estar torto, se ainda não removeu o ferro é normal, comigo aconteceu o mesmo nos dedos onde foram aplicados ferros.

    Em relação aos procedimentos pós operatórios, deve deambular com muito cuidado para não bater com o pé e para não correr o risco de os ferros se partirem.
    Eu em casa apenas usava a sandália, na rua só deixei as canadianas 1 mês e meio após a cirurgia, pois sentia-me mais segura e garantia que não fazia demasiado esforço no pé.

    Desejo-lhe uma rápida e excelente recuperação!

    ResponderEliminar
  16. Olá!
    Fui operada em Outubro em Lisboa aos dois pés ao mesmo tempo! Um hallux valgux e dois joanetes de alfaiate (quinto metatarso - a seguir ao dedo mindinho).
    Fiz os 3 em simultâneo e estive apenas um mês em casa de baixa com todos os cuidados.
    A partir daí fui começando a conduzir e a trabalhar...fazer desporto só agora posso começar devagar e sem grandes saltos e pulos.
    Depois do 1o mês ainda coxeei até à pouco tempo....ainda tenho alguma falta de força do hallux valgus mas que está também em recuperação. O inchaço demorou a passar e ainda tenho um pouco...mas segundo o meu ortopedista é normal e leva uns meses!
    Apesar disso já calço alguns dos meus sapatos antigos...nada de saltos nem bicudos...mas faço a vida quase 100% normal!
    As dores são quase inexistentes...o que custa mais é a recuperação que é demorada, mas acho que vale a pena o esforço!
    Boa sorte para todas!

    ResponderEliminar
  17. ola a todas, eu fui operada dia 24 do mes passado, vou tirar os pontos esta quarta feira, alguem me sabe dizer quanto tempo até eu poderconduzir e andar sem moletas, é complicado estar a depender dos outros...

    ResponderEliminar
  18. Boa tarde.
    Tenho cirurgia marcada aos joanetes para Julho, para os dois pés, em Lisboa. Tenho algum receio apesar da mesma ser mini-invasiva, pois não sei se após tirar os pontos (12 dias depois) poderei ir à praia; supostamente nesta altura também são retirados os sapatos "especiais" e terei que começar a utilizar calçado normal e confortável.
    Alguém já fez esta cirurgia percutânea, que me possa ajudar com o pós-operatório?
    Obrigada pela atenção,
    Maria Araújo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!
      Fiz a cirurgia percutânea, aos dois pés em simultâneo e a 3 joanetes...mas estive um mês em casa!
      Depois de tirar os pontos o inchaço é grande...e eu continuei a precisar de repouso.
      Como o halux valgus estava partido e esse demora algum tempo a cicatrizar tinha pouca força para me equilibrar mas cada caso é 1 caso pode ser que corra melhor a sua!
      Boa sorte!
      Filipa Aguiar

      Eliminar
    2. Obrigada Filipa.
      Já agora, onde adquiriu os seus sapatos (carga total)? Tenho tido alguma dificuldade em encontrar... Onde fez a cirurgia?
      Teve muitas dores? Como foi o seu pós operatório? Conseguiu caminhar logo, apesar de ter necessitado de algum repouso "extra"?
      A sua anestesia foi troncular?
      O resultado final, foi positivo e o esperado?
      Peço desculpa por tantas questões mas como falta menos de uma semana encontro-me bastante ansiosa e com algum receio!
      Obrigada,
      Maria Araújo.

      Eliminar
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  20. Eu comecei a conduzir após 3 semanas da cirurgia, mas cada caso é um caso...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela resposta Paula... Fez a cirurgia "normal" ou a percutânia?
      Normalmente o que se ouve acerca do pós-operatório não é nada agradável mas eu quero pensar que compensará até porque dores já eu as tenho diariamente!!!
      Uma vez mais, obrigada,
      Maria Araújo.

      Eliminar
    2. Fiz cirurgia normal (cirurgia aberta).
      Cada caso é um caso, portanto não devemos dar muita importância às experiências menos boas dos outros.
      No meu caso correu muito bem, o pós operatório decorreu praticamente sem dores.

      Eliminar
  21. Fiz cirurgia mini evasiva aos 2 pés ao mesmo tempo,no dia 19 de maio,no Hospital Padre Américo em Penafiel,correu tudo muito bem,não tive dores pós operatório,ao 2º dia caminhava com os sapatos BARUK sem canadianas.Já retirei os pontos,e agora mais 8 dias deixo de usar os sapatos baruk,vou usar só uns separadores para endireitar os dedos,e calçar uns sapatos ou sapatilhas de desporto confortáveis.Acho que tive muita sorte com o cirurgião ortopedista que me operou.Agradeço a todos que me assistiram e se ficar bem,peca por tardia,pois eu tinha muito medo.Se necessitarem não hesitem em serem operados.Boa sorte

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que tudo correu pelo melhor. Continuação de uma excelente recuperação!

      Eliminar
    2. Olá
      Eu fui operada aos joanetes nos pés ao msmo tempo e correu yudo bem, no entanto com muitas dores.~E necessária outra cirurgia para tirar os ferrinhos ??? Alguém me pode responder ?? Obrigada e boa sorte para todos os que se submeteram a esta cirurgia

      Eliminar
    3. Olá!

      Sim é necessário realizar uma pequena intervenção para remoção dos ferros.

      Rápidas melhoras!

      Eliminar
  22. Olá!

    Deixo aqui a minha experiência!´
    Fui operada na prelada aos dois pés.
    1º fui operada ao pé direito, o qual tive que repetir passada um ano, pois não tinha ficado bem. Entretanto por achar que estava bem resolvi ser operada ao pé esquerdo.

    Lamentavelmente, agora passados quase dois anos, tenho dores horriveis e mal posso andar ...

    ResponderEliminar
  23. Olá!

    Realmente é uma situação muito chata...

    Espero que recupere rapidamente.

    ResponderEliminar
  24. Boa noite.
    Nos casos referidos, qual foi a anestesia utilizada? Troncular, epidural ou geral? Compensa, mesmo, fazer a cirurgia para quem já tem algumas dores nos joanetes, diariamente?
    Agradeço a todos os que me possam responder... É que o receio é grande pois toda a gente refere que as dores do pós-operatório são mais que muitas!
    A técnica percutânia/ mini-invasiva é melhor que a tradicional?
    Peço desculpa por todas estas questões.
    Obrigada pela atenção.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!
      No meu caso a anestesia utilizada foi a epidural com bloqueio local.

      Como referi em respostas a outras dúvidas, no meu caso as dores foram praticamente inexistentes.

      Boa sorte!

      Eliminar
  25. EU FIZ A CIRURGIA , REALMENTE FOI UM SUSCESSO. TEM UMA SEMANA QUE EU FIZ; NAO SINTO DOR , ESTOU ME RECUPERANDO MUITO BEM

    ResponderEliminar
  26. eu fui operadaaos dois pes a 15 dias e estou comtemte embora a recuparação seja lenta mas não me emporto poque assim fico ja despachadas dos dois pes acho que ja devia ter sido a mais tempo aoperação coreu bem não tive muitas dores agora o rest vai com o tempo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que correu tudo bem. As melhoras!
      Fico à espera que partilhe o resultado final.

      Eliminar
  27. Olá!
    Fiz Halux aos dois pés no dia 2 de Outubro, não tive consulta pós-operatória nem orientações. Como devo progredir? estou ainda de cadeira de rodas e as minhas pernas perderam toda a massa muscular, tenho quase só osso! Quanto tempo vou ficar assim? Para ir para o trabalho terei de conduzir e uma vez lá, de subir escadas. Não posso só ficar à secretária. Aguém me pode dar umas dicas?

    ResponderEliminar
  28. Olá!
    Pois operar aos dois pés ao mesmo tempo nem sempre é a melhor opção.
    Na minha opinião deve falar com o cirurgião pois ele tem a obrigação e dever de a informar de todos os cuidados e procedimentos pós operatórios, no entanto e até lá aconselho o uso de sandálias de Barouk e apoio de canadianas pelo menos no 1º mês pós operatório. Para que a cirurgia seja um sucesso é fundamental ter muito cuidado no pós operatório para não haver problemas de regressão.
    As melhoras!

    ResponderEliminar
  29. Boa noite.
    Fiz no dia 25/07/2012 operação aos "joanetes" no Hospital da Ordem Terceira com o Dr. Paulo Carvalho.
    Devo dizer que correu tudo muitíssimo bem e, 24h após a cirurgia (percutânea) fui à casa de banho a deambular sem auxilio de quaisquer canadianas/ cadeira de rodas... Tive que utilizar umas sandálias de carga total durante 2 semanas e após essas 2 semanas, foram retirados os pontos e tive que ter uns separadores durante 1 mês.
    Duas semanas e meia após a cirurgia já utilizava calçado normal (como era verão os crocs deram imenso jeito) e passados 3 meses já tinha "autorização" para correr e utilizar saltos altos.
    Agora, passados cerca de 5 meses após a cirurgia posso garantir que foi a melhor coisa que fiz... Não há nada melhor que não ter dores e poder calçar tudo aquilo que nos apetece sem ser inestético!

    Ah, relativamente a dores... Não as tive!
    Senti, nos primeiros 2/3 dias uma certa pressão nos pés mas não eram dores... Era o penso que pressionava aquela zona!

    Peço desculpa por este "testamento" tão grande...
    Se entretanto necessitarem de mais alguma coisa e se eu puder ajudar, estarei por aqui, à disposição.
    (M.A.)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. Boa tarde,
      Também sofro do mesmo problema. Tenho joanete apenas num pé mas as dores são horríveis.
      Passo 8h a pé no trabalho e até com chinelos as dores são muitas
      Aconselharam-me a operação mas também dizem que o pós operatório é doloroso e que o joanete pode voltar.
      Mas lendo o seu testemunho ganhei coragem e vou arriscar a operação.
      Assim não posso continuar

      Eliminar
  30. boa tarde, tenho seguido atentamente estas partilhas.
    Tenho 25 anos e infelizmente sofro deste problema. Já vou tendo algumas dores nos joanetes quando calço um ou outro sapato.
    O meu sonho era poder mostrar os meus pés sem complexos, vergonhs, caminhar pela praia que é a coisa que mais adoro, sem ter que enterrar constantemente os pés da areia, poder comprar uma saldália aberta e andar de havaianas que sou fã!
    Infelizmente nao consigo fazer estas pequenas coisas, pois tenho vergonha de mostrar os meus pés.
    Não sei se com a minha idade é aconselhavel a operação, mas depois de seguir este blog, estou com muita força para seguir com a minha vontade.
    A minha avó foi operada aos joanetes á sensivelmente 6 / 7 anos, e recordo-me tão bem da recuperação dela, muito dolorosa, dores horriveis, mau estar, sempre deitada, e muitos gemidos e noites sem dormir. Até da-va dó ir visitá-la, pois custava muito vê-la naquelas condições.

    A minha duvida é a seguinte, os ferrinhos que falam que sao colocados nos dedos, apenas são colocados quando antes da operação o dedo está torto? ou em todos os casos é necessario esses ferrinhos? eu nao tenho dedos de martelo, apenas os joanetes, e gostava de saber se depois da remosão dos joanetes, ha a probabilidade dos dedos entortarem.

    Tenho muitas duvidas, aliás, curiosidades acerca desta operação, mas adorava ter coragem para a fazer.
    É uma tristeza, termos vergonha do nosso corpo, e eu sinto-a em relação aos meus pés.

    D. Paula, aguardo uma resposta :)

    Desejo excelentes melhoras para todos os que estão a recuperar da operação!

    Filipa Santos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fui operada agora pelo Dr. Fernandes Costa em Coimbra atraves de cirugia mini invasiva. Devo dizer-lhe que não deve ter receio algum, pois tanto eu como as outras senhoras que tb foram não tiveram uma unica dor, não levei pontos nem é necessario usar canadiana.

      Eliminar
    2. A minha filha tem apenas 14 anos e sofre imenso, os joanetes estao enormes, e ela tem muitas dores. So fala que quer ser operada. Mas eu tenho muito medo do pos operatório. Na cirurgia mini invasiva quanto tempo depois se consegue caminhar normalmente?
      Agradeco sua resposta.

      Eliminar
    3. A recuperação da mini invasiva é muito mais rápida, mas cada caso é um caso e o ideal é falar com o médico que irá realizar a cirurgia. Ninguém melhor do que ele para lhe esclarecer todas as dúvidas. Boa sorte e que corra tudo pelo melhor!

      Eliminar
  31. Olá Filipa!
    Cada caso é um caso e não posso responder a questões técnicas como me coloca. O que posso dizer é que quando tiver a consulta com o ortopedista deve esclarecer todas as suas dúvidas.
    Eu coloquei os tais "ferrinhos" porque tinha dedos em martelo. No dedo grande, onde se situa o joanete colocaram-me um parafuso e a probabilidade de ganhar joanete após colocação do parafuso é menor. Claro que se abusarmos com sapatos extremamente altos e bicudos pode voltar a aparecer. Isto se usar diariamente, não apenas numa festa.
    Desejo-lhe muita sorte e espero que corra tão bem quanto a mim. Se soubesse que ia ser assim já tinha operado há uma década atrás.
    O pior desta cirurgia é mesmo o tempo de recuperação.
    Para se ficar a 100%, usar saltos e fazer a vida normal como dantes, demora sensivelmente 1 ano. Pelo menos comigo foi assim.
    Boa sorte!

    ResponderEliminar
  32. Fiz a cirurgia dia 04 de Fev13 ,sai do hospital no dia seguinte , fiquei 15 dias com meia tala até o joelho e retirei os pontos com 15 dias , mas ainda não sei quando retirarei o ferro no dedo maior . Sinto dores e tomo remédio todos os dias para dormir . Minha dúvida é se o ferro é retirado na clínica ou é necessária nova cirurgia e também se dão anestesia para retirá-los? Não consegui usar as sandálias e tenho que voltar a trabalhar com 20 dias de cirurgia . Estou de moletas e me locomovo com dificuldades.
    Até o momento não aconcelho ninguém a fazer e tb não irei operar o outro como havia planejado.
    Bjs

    ResponderEliminar
  33. Olá, vou ser operada em Maio aos dois joanetes no Hospital Padre Américo, será uma operação mini evasiva, mas estou um pouco apreensiva apesar da médica me ter tranquilizado e ter dito que sairia pelo próprio pé e que esta cirurgia não é tão dolorosa. Gostaria de saber mais opiniões de quem já foi operado por esta via. Obrigado

    ResponderEliminar
  34. Olá Paula!
    1º que tudo, gostaria de agradecer a idéia de criar este blog. A mim, pelo menos, já ajudou imenso. Olhando pra 90% das experiências aqui descritas, já fico um pouco mais descansada, pois não me parece que seja o bicho de 7 cabeças que todo mundo prega. Apesar, obviamente, de ter noção que cada caso é um caso! :s
    Estou decidida a fazer a operação porque no início do ano comecei a sentir mais dores que o normal (costumavam ser esporádicas e agora são quase diárias). Com isto, considerando que os joanetes tendem a evoluir e consequentemente, a dor a aumentar, decidi este mês que deste ano não podia passar. Até pq além das dores, pretendo no máximo daqui a um ano e meio engravidar (tenho 33 agora e não me posso dar ao luxo de adiar por muito mais tempo) e não acredito que gravidez (aumento de peso na certa) + joanetes, seja um cenário agradável de se suportar.
    Enfim... a decisão foi tomada! Contudo, como vivo em Angola, pouco ou nada consigo adiantar no que toca a esse processo. A minha disponibilidade é de ir a Lx em Julho e gostaria, se possível, de fazer tudo nessa altura: cirurgia, pós-operatório, consultas de revisão e após o tal período de mês e meio/dois (torço tanto pra que não ultrapasse isso por causa do meu emprego…), voltar pra Luanda.
    É aqui que surgem as minhas dúvidas, já que o hospital da Luz (pra onde liguei) não me pôde adiantar nada. Inclusivé as consultas pra Julho abrem apenas em Maio e tudo o resto "Só o Dr lhe poderá informar na 1a consulta".
    Gostaria portanto, que a Paula ou os demais, se possível, me pudessem ajudar a perceber as sequintes questões:
    - Quanto tempo, à partida (considerando que certamente terei que fazer exames antes), levará da 1a consulta à marcação da cirurgia? Será que consigo que me marquem no espaço de uma ou duas semanas no máximo??
    - Será que após a operação, se tudo correr bem e tiver uma boa recuperação, no espaço de dois meses, o médico permite que eu viaje de volta pra Luanda?
    - O seguro cobre as despesas da cirurgia em que ordem aproximadamente? Está de algum modo relacionado com o grau de gravidade dos joanetes ou isso é irrelevante? (O meu é Médis)
    Gostaria de agradecer desde já, encarecidamente, a quem poder esclarecer um pouco as minhas questões e desculpar-me pelo incômodo (sei que tempo é dinheiro :p).
    A todos, votos de rápidas melhoras e um muito obrigado pela atenção!

    ResponderEliminar
  35. Olá!
    Não tenho resposta para as questões que coloca. O ideal será entrar em contacto com a entidade que irá realizar a cirurgia e ninguém melhor que o cirurgião para lhe prestar todos os esclarecimentos necessários. No meu caso foi o médico que me informou sobre todos os procedimentos médico-cirurgicos, tempo de recuperação, etc.
    Quanto ao seguro penso que cobre 90% da despesa, ficando 10% a seu cargo.
    Desejo que corra tudo pelo melhor!

    ResponderEliminar
  36. Obrigado pelo feedback Paula.
    Infelizmente, a possibilidade de fazer logo a cirurgia será uma incógnita até fazer a consulta, mas já é bom saber que a nível de custos, irei poupar bastante.

    Obrigado, mais uma vez, pela atenção dispensada!

    ResponderEliminar
  37. Boa noite D. Paula.
    Poderá dizer quem foi o seu médico e onde fez a operação? os custos são elevados? ainda não fui á consulta, sei que os valores variam de caso para caso, mas não tenho noção de quanto poderá custar a operação aos dois pés.
    Não tenho nenhum seguro de saude, pelo que as despesas serão todas por minha conta.
    No hospital da Luz a 1ª consulta são 90 euros e as seguintes 80 pelo que me informaram por telefone. Quanto a valores disseram me que só o médico poderá dizer depois de analisar o problema. Poderá custar mil euros?? 2 mil?? não tenho realmente noção.
    Cumprimentos :)

    ResponderEliminar
  38. D. Paula, já li onde fez a operação. Peço desculpa pela distração!

    ResponderEliminar
  39. Olá ! Quanto custou a operação?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não paguei nada. Fiz pelo sistema nacional de saúde.

      Eliminar
  40. Olá.. tu tem relato de quanto tempo as pessoas voltaram a dirigir???
    E tu acha que eu fazendo a cirurgia... 20 dias depois eu já posso andar um pouquinho para que eu possa viajar??? Uma viagem calma mas precisarei andar um pouquinho... =/
    E preciso viajar pois é o aniversário da minha sobrinha em outra cidade!

    O que acha?

    tô com tanta duvidas.... qual teu email?
    meu email: amah_fisio@hotmail.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso que sim que pode viajar sem problemas. Após retirar os pontos (2 semanas após a cirurgia) já pode conduzir com a ajuda da sandália de baurouk. Pode viajar sem problemas desde que não tenha consulta de pós operatório com o seu médico. Claro que convém viajar acompanhada para a ajudar no que for preciso.
      Boa sorte!
      E sem medos, pois não custa nada...

      Eliminar
  41. Olá a todos,
    Fiz cirurgia aos joanetes nos 2 pés ao mesmo tempo, no passado dia 14 de Junho, de manhã no Hospital da Boa Nova com o Dr Nuno Brito. A cirurgia correu bem, e no dia seguinte já me pude levantar para ir ao quarto de banho. Nesse mesmo dia tive alta. Só senti um pouco de dor ao fim da tarde, mas deram-me logo medicação para passar. No dia seguinte vim embora com prescrição de Tramal em SOS e Benuron que tomei sensivelmente 5 dias. Sou sincera assim que sentia qualquer dor tomava a medicação para não deixar adiantar.
    Fiz o penso 4 dias depois e 12 dias depois tirei os pontos.
    Neste período de tempo, as piores dores que senti foi nos dois dias a seguir ao penso, porque o médico me ginasticou o dedo grande dos pés, e, só quando andava e mais no pé esquerdo não sei porquê.
    A partir daí sinto que cada dia estou melhor, após 3 semanas já ando com a sandália carga total e já sem canadianas.
    Para a semana já vou trabalhar com calma claro.
    Dia 26/07 vou à consulta e espero ser autorizada a largar as sandálias. :)
    Dou o meu testemunho pois espero que assim como os vossos me encorajaram a ser operada o meu também o faça com alguém!

    ResponderEliminar
  42. Edna sei que pelo SNS não é assim tão rápido e planeado.
    No meu caso fui a uma consulta pré-operatório e 15 dias depois já estava a ser operada. Tempo para a autorização da seguradora e organizar a vida.
    Tenho médis e a minha cirurgia rondou os 4500E sendo que paguei 10% do valor, sendo que, o valor da operação difere com os procedimentos que são necessários fazer, cada caso é um caso.

    ResponderEliminar
  43. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  44. ola boa tarde desde ja fico muito grata de ter partilhado a sua experienciaa conosco.eu tenho joanetes desde pequena e para além de ser inestetico causa um desconforto horrivl a nível de calçado e locomoção. a minha dúvida é se eu é que terei que pagar a operçao e quanto ficará em termos de espera custos, há anos que quero faz~e la mas tambem ja me falaram de ser dolorosa.obrigado

    ResponderEliminar
  45. O pagamento da cirurgia vai depender do local onde realizar a mesma. No meu caso, não tive qualquer custo associado, porque fui operada num hospital público pelo sistema nacional de saúde. O tempo de espera para a 1º consulta foi de sensivelmente 9 meses. Depois da consulta foi muito rápido.
    Em relação às dores, todo processo correu muito bem, praticamente sem dor. Mas claro que depende de pessoa para pessoa.

    ResponderEliminar
  46. Ola paula. Fui operada ontem ao pe esquerdo (em frança) e no fim do mes vou passar 15dias a portugal e gostava,claro, d dar um saltinho a praia. Sera possivel? Outra coisa a mnh cirurgia foi aberta e colocaram me um pequeno parafuso. N sei s esta a par desta "tecnica" mas a modos q me deixa um pouco inquieta pois c um parafuso receio q a recuperacao demore mais e q talvez tenha d voltar para o tirar. O q ach

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!
      Também fui operada através dessa técnica (cirurgia aberta e coloquei parafuso). A praia é aconselhável após 3 meses a cirurgia. O meu médico mandou-me caminhar na areia ajuda a mobilizar o pé. Mas cada caso é um caso por isso é sempre conveniente aconselhar-se com o médico assistente.
      Continuação de uma excelente recuperação!

      Eliminar
  47. Ah e chamo me rita :) obrigada desde ja

    ResponderEliminar
  48. Fui operada no dia 6 de Agosto, no Hospital Escola Fernando Pessoa(Gondomar), pelo Dr. Paulo Amado. No dia 7 já tive alta. Em relação às dores do pós operatório, não posso dizer que não tive nenhumas mas aguenta-se. Paguei 342,00€ uma vez que tenho ADSE.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rápida recuperação Maria!
      Depois partilhe connosco o resultado final após recuperação.

      Eliminar
    2. Obrigada Paula,
      Faz no dia 6, um mês que fui operada e na segunda vou à consulta e fazer um RX e se estiver tudo bem, o médico diz que já posso ir trabalhar.
      Mas estou um bocadinho desanimada, porque sinto numa espécie de formigueiro na parte de fora do dedo grande.
      Será normal?

      Eliminar
    3. Obrigada Paula,
      Faz no dia 6, um mês que fui operada e na segunda vou à consulta e fazer um RX e se estiver tudo bem, o médico diz que já posso ir trabalhar.
      Mas estou um bocadinho desanimada, porque sinto numa espécie de formigueiro na parte de fora do dedo grande.
      Será normal?

      Eliminar
    4. Olá a todos,
      tendo lido todos os depoimentos aqui deixados quero agradecer a partilha da experiência e a desmistificação desta operação.

      O que me fez intervir foi ter encontrado o depoimento da Maria Dias pois o meu médio é também o Dr. Paulo Amado.

      Comecei a pensar nesta operação no início de 2012, pelo que pedi à médica de família para me inscrever numa consulta de ortopedia no HSJ.
      Em março de 2012 tive a consulta e em setembro recebi uma carta a dizer que a operação devia ser feita daquela data a 1 mês. Infelizmente tive de recusar a operação por motivos profissionais, mas na altura não tinha indicação de nenhum médico especialista e a verdade é que também não tinha confiança a 100% no médico que me deu a consulta, com quem só estive durante uns minutos e que nem sei se seria a pessoa que me iria operar…
      A falta de maiores esclarecimentos e acompanhamento deixou-me insegura para prosseguir com o sistema nacional público.

      De qualquer forma senti-me frustrada por perder uma oportunidade de ouro, até porque com essa carta veio uma espécie de vale para poder operar numa das instituições parceiras do HSJ (Instituto Cuf, Hospital Privado da Boavista, entre outros) com médico da minha preferência e totalmente comparticipado pelo estado.

      Pedi novamente à minha médica para me re-inscrever na ortopedia mas já passou um ano e não ainda me chamaram…

      Entretanto encontrei o Dr Paulo Amado no Instituto Cuf que me deu total confiança para avançar com a cirurgia, mas como ele estava de saída da Cuf e com planos para abrir um espaço seu, adiei mais uma vez a minha intervenção.

      Agora em setembro de 2013 consegui marcar consulta no Hospital Privado da Boavista e finalmente tenho a cirurgia marcada para dia 1 de Outubro.

      A primeira vez que falei com o Dr. Paulo Amado fiquei com a sensação de que a operação ficaria por +/- 500€, mas esta esta semana fiquei a saber que, mesmo com a comparticipação em 80% do meu seguro (Multicare), a cirurgia rondará os 1000€... estou desiludida e principalmente intrigada pois a Maria refere um valor bastante mais simpático… estou com dúvidas que se tivesse feito a marcação no Hospital Escola Fernando Pessoa (Gondomar) o valor seria mais em conta.

      Mas Maria, se puder partilhar, o que eu gostava mesmo de saber é se está contente com a operação, se acha que ficou um trabalho 100% e se tem cicatrizes muito grandes ou toleráveis? Gostava de saber se o formigueiro desapareceu e ainda de saber se sabe em quanto é que a ADSE comparticipou da sua operação para poder ter uma referência do valor praticado no Hospital Escola Fernando Pessoa.

      Obrigada pela disponibilidade na leitura deste testemunho e pelas respostas que possa suscitar.

      Sucesso de recuperação para todos.


      Obrigada.
      D.

      Eliminar
  49. Boa noite a todos...
    Lendo alguns depoimentos pude perceber que o pós operatório da joanete varia muito.
    Fiz cirurgia no pé esquerdo dia 24 de maio.Tive que ficar um mês em cadeira de rodas, pois durante um mês não pude de forma alguma pisar com o pé operado. Depois de um mês fiquei 10 dias usando a bota robofoot. Tirando a bota o meu médico me mandou comprar a sandália azaleia Street.Atualmente 13/08 ainda estou fazendo fisioterapia. Já fiz 22 sessões e ainda faltam 6.Estou satisfeita com o resultado, embora meu pé ainda fique inchado e meio roxo dependendo do esforço que faço .A única coisa que vejo de ruim é a recuperação lenta, mas não vejo como empecilho para realização da cirurgia. Inicio do ano que vem farei no pé esquerdo. E sinceramente, me arrependo de não ter feito a mais tempo.Portanto aconselho a todos que sofrem com o mesmo problema, livre-se das joanete ,a cirurgia vale a pena...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lu!
      Também concordo consigo, a cirurgia vale a pena. Se eu sabia que ia ficar assim tão bem já a tinha realizado há muito.
      Continuação de uma boa recuperação!

      Eliminar
  50. Ola, Boa tarde a todos.
    Lendo alguns depoimentos pude perceber que o pós operatório de joanete, varia muito.
    Moro em Brasília,fiz minha cirurgia no dia 24 de maio com um excelente médico.No meu caso: Ele me recomendou um mês sem colocar o pé no chão, tive que alugar uma cadeira de rodas e cumpri direitinho.Exatamente um mês depois ele me mandou comprar uma bota( robofoot) usei por 10 dias.Depois destes 10 dias,me recomendou usar uma sandália: azaleia street e me recomendou as fisioterapias.E hoje com dois meses e 20 dias ainda estou em tratamento , fazendo as fisioterapias. ja fiz 24 sessões e ainda faltam 4.Minha cirurgia, foi ótima, não senti dores . O único ponto negativo que cito é a lentidão na recuperação. Pois dependendo do esforço que faço, meu pé ainda incha e fica meio roxo, mas não vejo isso como empecilho para realização da cirurgia. Fiz apenas do pé esquerdo e inicio do ano de 2014 farei do outro pé. Meu único arrependimento é apenas não ter feito essa cirurgia antes.Para as pessoas que sofrem com esse problema ai vai um conselho. Não sofra mais, livre das joanetes, a cirurgia vale a pena,

    ResponderEliminar
  51. José
    Boa tarde é tudo muito bonito quando as coisas correm bem, eu fui operado ao joanete do pé esquerdo no dia 10/12/2010 e depois da cirurgia nunca mais tive sossego sempre com muitas dores,pé gelado e roxo no frio, muito inchado com calor, os médicos disseram-me que não era normal e alguma coisa não tinha corrido bem por isso era melhor fazer nova cirurgia para ver o que-se passava, marcaram nova cirurgia para 30/09/2011 depois da cirurgia andei com uma tala em gesso 45 nos curativos as enfermeiras até tinham medo de mexer pois o pé estava completamente preto, em Janeiro de 2012 fui a consulta e a médica passou-me para outra médica para ser operado as varizes que era esse o problema a medica das varizes disse não era nada com ela e encaminhou-me para outro médico já passei por 9 médicos e agora transferiram-me para outro hospital onde me fizeram alguns isames e tratamentos e agora disseram para tomar 2 de Lyrica 150mg, 1 jurnista 8mg, 1 Alprazolan, 1 Fosavance e 1 de carbonatro de calçio isto é o que tomo de momento, continuo de canadianas e sempre com muitas dores, agora dizem-me que vou ficar incapacitado para o resto da minha vida porque aconteceram muitos erros de uma vez só e que já não sabem o que me fazer, talvez me encaminhem para outro hospital, assim se incapacita para o resto da vida um jovem de momento com 40 anos, sempre com dores e dependente de outras pessoas, e assim vou terminar pois não consigo escrever mais com as lágrimas a cair pela cara a baixo. (desculpem o desabafo mas isto não se faz nem a um animal)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. José, espero sinceramente que a situação seja reversível e consiga ultrapassar esta difícil situação. Não desista, procure ajuda, novas opiniões médicas.
      Infelizmente nem sempre as coisas correm bem... e há muitos erros médicos... Queixe-se junto do Diretor do Hospital e exija que a sua situação seja revista de modo a esgotarem todas as possibilidades de cura.
      Desejo-lhe uma rápida recuperação.

      Eliminar
  52. Ola boom dia
    Preciso muito de ajuda pois ja nao sei o que fazer..
    Sou do hospital de amadora sintra, estou a sofrer um Descaso...
    a 3 anos que ando em consultas e exames com intervalos de meses, em novembro fiz os exames pré operatórios finalmente, e disseram-m para esperar em casa a data da operação, que iria provavelmnt ser operada no inicio do ano... esperei esperei e nada, ja fui atras do médico e nao consigo alcança-lo, ainda por cima marcaram-m em julho uma consulta pa um medico q nem sabia o motivo pelo qual m encontrava lá... nao sei mais o que fazer... o meu médico nao para no hospital, tem clinicas,enfim eu fiquei pendente.Preciso de seguir por outro caminho... uma privada... mas quanto me ficaria a operação?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O ideal no seu caso será apresentar uma queixa formal junto do Diretor do Hospital ou do Ministério da Saúde pelo facto de não estarem a dar a devida importância ao seu caso e estarem a colocar de lado a sua saúde.
      Espero que a situação se resolva o mais rápido possível.

      Eliminar
  53. Qual o melhor médico para este tipo de operações?
    E se dá para operar aos 2 pés ao mesmo tempo?
    Cumprimentos
    João

    ResponderEliminar
  54. Também vou ser operada aos dois pés, mas estou com medo da recuperação pois queria ficar só 1mes de baixa, e tenho que conduzir cerca 100 km por dia acham isso possível? Alguém aqui foi operada no hospital da Arrábida Porto.
    Obrigada

    ResponderEliminar
  55. Alguém foi operado no Hospital da Arrábida? Obrigada

    ResponderEliminar